Semasa quer firmar termo de cooperação para doação do antigo terreno da Casan ao Hospital Pequeno Anjo

Visita ao terreno está agendada para a próxima terça-feira (31/01)

Por JB Negócios 27/01/2017 - 19:44 hs

Na tarde desta sexta-feira (27/01), o Diretor Geral do Semasa, Marcelo Sodré esteve na Universidade do Vale do Itajaí (Univali), para iniciar as tratativas para a doação do antigo terreno da Casan ao Hospital Pequeno Anjo.

O Semasa comprou o terreno, localizado ao lado do hospital, no centro da cidade, em agosto de 2015, pelo valor de R$ 3.750.000 (três milhões, setecentos e cinquenta mil reais). “Como não temos interesse em fazer uma sede própria do Semasa naquele espaço, considerando que o local é de muito movimento e inviabilizaria o estacionamento para funcionários e para a população que busca os serviços da autarquia, eu, juntamente com o prefeito Volnei Morastoni achamos interessante fazer a doação/cessão do terreno para o Pequeno Anjo”, iniciou a conversa, o diretor geral do Semasa.

A notícia foi muito bem recebida pelo Reitor da universidade, professor Mário Cesar dos Santos, que enxerga nesta doação a possibilidade de ampliar o atendimento do hospital. “A Anvisa tem nos cobrado pela instalação de um laboratório próprio de análises clínicas e também pensamos em fazer duas recepções no local, separando as entradas de emergência e de atendimentos convencionais, então, essa mudança melhoraria o nosso espaço e a nossa logística”, pontuou o reitor da Univali. “Além disso, o Pequeno Anjo possui hoje cinco salas alugadas junto ao salão paroquial da igreja Matriz. A doação deste terreno, com certeza, nos beneficiaria com a redução dos custos mensais”, complementou a Diretora Administrativa do Pequeno Anjo, Attela Provesi.

Para auxiliar nas despesas com a construção do anexo do hospital, o diretor geral do Semasa informou que a autarquia pode desenvolver uma campanha, através de doações espontâneas nas contas de água dos contribuintes itajaienses.

Durante o encontro ficou acordado que a Univali deverá fazer um ofício solicitando ao Semasa, a cessão do terreno e o apoio com uma campanha de doações nas contas de água, documento que deve ser encaminhado para aprovação na Câmara de Vereadores de Itajaí.

 

Na próxima terça-feira (31/01), às 14h, representantes do Semasa e da Univali vão se encontrar no terreno para analisar as condições do espaço. “Só teríamos que preservar uma parte do espaço para não comprometermos as bombas de recalque que servem para mandar água para alguns bairros de Itajaí”, finalizou Marcelo Sodré.