Praias do Estaleiro, Estaleirinho e Taquaras receberão placas de orientação sobre o programa Bandeira Azul

Serão instaladas sete placas com informações sobre o programa, recomendações aos usuários das praias e as ações previstas para serem realizadas nesta fase piloto

Por JB Negócios 27/12/2017 - 15:43 hs

As praias do Estaleiro, Estaleirinho e Taquaras, em Balneário Camboriú, estão inscritas na fase piloto do Bandeira Azul, que é um programa internacional de certificação ambiental para praias e marinas. Nesta quarta-feira (27), às 17h mais uma etapa da fase piloto será executada. 

“Estas ações terão que ser desenvolvidas durante o ano de 2018, já que pretende-se hastear as bandeiras azuis em novembro de 2018”, contou o secretário do Meio Ambiente, Ike Gevaerd. Duas placas serão colocadas na praia de Taquaras, três no Estaleiro e outras duas no Estaleirinho. Os três locais terão que se adequar e se tornar ecologicamente corretas para então ter a bandeira hasteada.

O Programa Bandeira Azul foi criado pela FEE (Fundação de Educação Ambiental) e serve como certificado de qualidade para praias do mundo inteiro. Em Balneário Camboriú o programa é uma iniciativa do governo municipal, através da Secretaria do Meio Ambiente, e conta com o apoio do Ministério Público catarinense. Os critérios para comprovação de qualidade abrangem recursos como acesso à informação por parte da população (sinalização e normas de conduta), qualidade da água do mar (balneabilidade), gestão ambiental (preservação e gestão do lixo gerado) e serviços disponibilizados como segurança e oferta de chuveiros, banheiros, planos de emergência e equipamentos de salvamento.

Além da colocação das placas, o Município já iniciou o trabalho de campo com levantamento da infraestrutura das praias; iniciou as obras de complementação da rede de esgoto das Praias de Laranjeiras (que será entregue em janeiro) e Taquaras (que será concluída em fevereiro); e também iniciou as coletas de água das praias inscritas, por um laboratório credenciado pela FATMA. Já foram elaborados os diagnósticos das praias de Taquaras e Estaleiro e em janeiro será elaborado o de Taquaras. “Com estes diagnósticos poderemos atacar os principais problemas de cada praia de uma forma organizada e com metas”, contou o secretário.

Em todo o Brasil apenas cinco praias possuem a bandeira, sendo que duas delas ficam em Santa Catarina (Praia Grande – Governador Celso Ramos e Lagoa do Peri – Florianópolis). Balneário Camboriú também está se esforçando para conseguir resultados positivos que contribuam para que, em novembro de 2018, a Bandeira Azul seja posta em suas areias. Além das ações já realizadas, a cidade vai contar com a ajuda de um gestor de praias recentemente contratado para orientar o andamento do projeto. “Não será uma tarefa fácil, mas com o objetivo claro da responsabilidade que temos de conservar e preservar o patrimônio ambiental das nossas praias, acreditamos içar as três bandeiras daqui um ano”, finalizou Ike Gevaerd.